A REGIÃO QUE MAIS CRESCE NO BRASIL saiba o que está acontecendo em seu estado:
Início » Destaque Geral » Horas antes do início de cessar-fogo, ataques russos continuam na Síria

Horas antes do início de cessar-fogo, ataques russos continuam na Síria

A algumas horas para a entrada em vigor de um cessar-fogo, a Rússia segue bombardeando as organizações terroristas na Síria nesta sexta-feira (26). A trégua está prevista para começar no sábado (27) às 0h hora de Damasco (23h do dia 26 no horário de Brasília).

“É claro, a aviação russa continua sua operação na Síria. Apoia as forças armadas (de Damasco) e mira nas organizações terroristas”, afirmou o porta-voz do Kremlin, Dimitri Peskov, de acordo com a France Presse.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) afirma em seu site que já foram registrados 26 ataques sobre a província de Reef Dimashq. Um homem, uma mulher e uma criança foram mortos e vários ficaram feridos gravemente. A região de Dahya al-Assad, que é controlada pelo governo sírio, também foi alvo dos ataques, mas não há relatos de feridos.

Cessar-fogo
Rússia e EUA acordaram um cessar-fogo na Síria, que foi aprovado tanto pelo governo de Damasco como pela Comissão Suprema para as Negociações (CSN), a principal coalizão opositora, segundo a agência Efe.

No entanto, o grupo Estado Islâmico (EI) e a Frente Al-Nosra, braço sírio da Al-Qaeda, que controlam grande parte do território sírio, não participam do acordo.

A oposição aceita o cessar das hostilidades para que seja respeitada a resolução 2254 da Organização das Nações Unidas (ONU), adotada em dezembro, que inclui a entrega de ajuda humanitária e o acesso às zonas sitiadas.

Desde o início, em 2011, da guerra na Síria, que deixou mais de 260.000 mortos, o governo não faz nenhuma distinção entre os ativistas, rebeldes e jihadistas, e considera que todos são terroristas.

Fonte: G1

Veja Também

Carapô sugere uso de ginásio pelo projeto Judô para Todos

O vereador José Prado Carapô requereu à prefeitura o uso do ginásio poliesportivo Duglaci Borges ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *