Alto comandante do Estado Islâmico pode ter sido morto pelos EUA

Os EUA tentam determinar se o líder do Estado Islâmico Abu Omar al-Shishani foi morto em um bombardeio aéreo recente do qual ele era o alvo, afirmou a CNN, citando vários oficiais americanos anônimos.

A agência Reuters também confirmou a informação com fontes do exército.

Segundo a CNN, o bombardeio ocorreu na sexta-feira (4) perto da cidade síria de al-Shaddadi. Segundo oficiais americanos, al-Shishani teria o papel correspondente a um “ministro da guerra” da organização terrorista.

Nascido na Geórgia com o nome de Tarkhan Batirashvili, al-Shishani aparece com frequência em fotos e vídeos do Estado Islâmico e é conhecido como o “jihadista de barba ruiva”.

Ele é considerado um dos líderes mais capazes da organização terrorista e acusado de controlar uma prisão do EI no reduto de Raqa, onde ficam muitos reféns estrangeiros.

Os EUA ofereciam uma recompensa de US$ 5 milhões por informações sobre seu paradeiro.

Fonte: G1

Check Also

Saiba em qual situação você fica isento de pagar Imposto de Renda em venda de imóvel

Muitos indivíduos não estão cientes de que, ao vender um bem ou direito, podem estar …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *