Início » Destaque Coluna » Ao menos 15 países têm casos confirmados de coronavírus

Ao menos 15 países têm casos confirmados de coronavírus

Ao menos 15 países tiveram casos confirmados de infecção por coronavírus. Até o momento, além da China, que tem o maior número de confirmações da doença, catorze países em quatro continentes já identificaram e isolaram pacientes com coronavírus.

Entre os casos confirmados pelo governo chinês, ao menos dez estão em províncias e territórios autônomos da República Popular da China: a ilha de Taiwan já registrou 4 casos, Macau tem 5 e Hong Kong, 8.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu o primeiro alerta da doença em 31 de dezembro de 2019, depois que as autoridades chinesas notificaram casos de uma misteriosa pneumonia na cidade de Wuhan. Na quinta-feira (23), o órgão internacional disse que ainda era cedo para declarar emergência internacional.

Vírus se espalha rapidamente

O ministro da Comissão Nacional de Saúde da China, Ma Xiaowei, disse neste domingo (26) que o novo coronavírus pode se espalhar antes mesmo do aparecimento de sintomas. A infecção causada pelo vírus matou 56 pessoas no país.

Segundo a Reuters, Ma afirmou ainda durante a coletiva que a capacidade de transmissão do coronavírus está se fortalecendo e reforçou as ações de contenção, que até agora incluem restrições de transporte e viagens e o cancelamento de grandes eventos, serão intensificados.

Ma disse também que o período de incubação do coronavírus pode variar de um a 14 dias, e que o vírus é infeccioso durante a incubação, o que não foi o caso da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), um coronavírus que se originou na China e matou quase 800 pessoas globalmente em 2002 e 2003.

Quarentena em cidades chinesas

A China suspendeu a circulação de trens em mais duas cidades do país para tentar conter uma epidemia de coronavírus. A medida foi tomada nesta quinta-feira (23) nos municípios de Huanggang, onde vivem 7,5 milhões de habitantes, e em Ezhou, com cerca de 1 milhão de moradores. Antes, o governo chinês já havia adotado medidas para isolar Wuhan. As três cidades fazem parte da província de Hubei.

Em Huanggang a circulação de trens de longa distância que partem ou chegam à cidade foi interrompida. A medida vale até o final desta quinta e poderá estendida pelas autoridades locais. Do outro lado do rio Yangtzé está a cidade de Ezhou, que também amanheceu com a estação central de trens fechada.

O governo da capital chinesa decidiu cancelar as festas populares que estavam previstas para a celebração do Ano Novo chinês que começariam na sexta-feira (25) como medida de proteção diante da epidemia que já deixou 18 mortos no país. Todos os anos, milhares de habitantes de Pequim se espalham por parques e espaços públicos para assistir aos tradicionais bailes do leão e do dragão.

Fonte: G1

Veja Também

Isenção e redução de impostos sobre agrotóxicos geram prejuízos de quase R$ 10 bilhões

De acordo com um relatório das Nações Unidas, cerca de 200 mil pessoas morrem por ano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *