Apesar de silencioso, câncer renal ainda pode apresentar alguns sinais; fique atento e veja quais

O câncer renal é um tipo de tumor que geralmente não apresenta sintomas em estágios iniciais, tornando-se um desafio para o diagnóstico e tratamento quando detectado em fases avançadas.

Com um rápido e anormal crescimento de células tumorais em um dos rins, essa forma de câncer representa cerca de 2 a 3% dos casos de câncer em adultos no Brasil.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa de mortalidade associada a esse tipo de câncer é preocupante, resultando em óbito em um a cada dois casos.

No entanto, novas abordagens terapêuticas, como medicamentos antiangiogênicos e imunoterapia, têm mostrado progresso significativo, aumentando consideravelmente a expectativa de vida dos pacientes.

O câncer de rim é um dos diversos tipos de tumores que, nos estágios iniciais, geralmente não apresenta sintomas claros, sendo frequentemente identificado quando a doença já está em estágio avançado, com metástase ocorrendo – o espalhamento do câncer para outras partes do corpo.

Os rins desempenham funções vitais, como a eliminação de resíduos do metabolismo, a regulação do equilíbrio hídrico do corpo e a produção de hormônios que regulam a pressão arterial e a produção de glóbulos vermelhos.

O câncer renal já se posiciona entre os 13 tipos de câncer mais comuns no Brasil, registrando aproximadamente 12 mil casos e mais de 4 mil mortes em 2020, de acordo com a Pfizer.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO), os principais fatores de risco relacionados ao câncer renal são:

  • tabagismo;
  • hipertensão arterial;
  • grande exposição a produtos químicos clorados;
  • existência de doenças renais, como insuficiência renal;
  • tratamento prolongado de diálise.

Quais sinais de câncer renal podem surgir?

Embora seja frequentemente silencioso, o câncer renal ainda pode apresentar alguns sinais. A observação de quaisquer sinais de anormalidades pode prevenir a evolução da doença. Dentre os sinais mais sutis, estão:

  • fadiga;
  • perda de apetite;
  • sensação de pressão ou dor nas laterais ou costas.

Esses sintomas podem ser facilmente considerados como problemas de saúde menos graves, mas também podem indicar um problema de maior seriedade, como um câncer renal.

Outros sintomas também podem surgir, como:

  • presença de sangue na urina;
  • massa palpável no abdome;
  • dores na região lombar;
  • emagrecimento;
  • palidez;
  • febre ocasional;
  • anemia;
  • suores noturnos.

É fundamental buscar a orientação de um profissional de saúde ao perceber qualquer modificação na saúde, visando uma avaliação e a tomada de providências adequadas.

Qual é o processo de diagnóstico?

Identificar precocemente é vital para aumentar as chances de sucesso no tratamento de diversos tipos de tumores, incluindo o câncer renal.

Manter a realização de exames de rotina é imprescindível, já que, devido à demora na manifestação dos sintomas, o diagnóstico geralmente é obtido por meio desses exames, principalmente os de imagem, como ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância nuclear magnética.

A boa notícia é que o câncer renal é passível de tratamento. No entanto, a probabilidade de cura está diretamente relacionada ao momento do diagnóstico. Quanto mais cedo o câncer for identificado, maiores são as chances de sucesso no tratamento, que pode variar desde cirurgia até radioterapia e imunoterapia, dependendo da evolução do tumor.

Com informações de Catraca Livre

Check Also

Homem é preso com duas tornozeleiras, caso chama a atenção e viraliza na web

Na manhã desta terça-feira (27/2), a Polícia Civil do Maranhão (PCMA) deteve um indivíduo de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *