Início » Destaque Coluna » Após morte de Ronaldo Caiado Filho, Goiás decreta luto oficial de três dias e fecha agenda do governador

Após morte de Ronaldo Caiado Filho, Goiás decreta luto oficial de três dias e fecha agenda do governador

O governador Ronaldo Caiado (UB) decretou luto oficial no estado por três dias pela morte do filho em uma fazenda de Crixás. A agenda do político está fechada para compromissos oficiais. A causa da morte de Ronaldo Caiado Filho não foi divulgada.

As bandeiras de Goiânia, Goiás e do Brasil na Praça Cívica foram hasteadas a meio mastro. O decreto de luto foi publicado em um suplemento do Diário Oficial na noite de domingo (3).

A Prefeitura de Goiânia, Assembleia Legislativa e Câmara Municipal também decretaram luto por três dias.

Ronaldo Caiado Filho tinha 40 anos e foi encontrado morto na manhã de domingo na fazenda em que morava, em Nova Crixás. O corpo dele foi velado no Cemitério Vale do Cerrado com a presença de familiares, amigos e políticos. O corpo está sendo cremado nesta segunda-feira (4).

O governador recebeu a notícia da morte do filho na manhã de domingo (3) quando participava de uma missa da Romaria do Divino Pai Eterno, em Trindade, Região Metropolitana da capital. Um vídeo mostra quando ele a primeira-dama, Gracinha Caiado, deixam a celebração rapidamente (veja abaixo).

O velório aconteceu na noite de domingo. Caiado chegou muito emocionado, chorando, e recebeu abraço de amigos e políticos. Ronaldo Ramos Caiado Filho era administrador e filho do político com a primeira esposa, Thelma Gomes.

Perfil

Tímido, discreto, esforçado e próximo à família. É assim que amigos e pessoas próximas descrevem Ronaldo Caiado Filho. Ele nasceu em Goiânia no dia 5 de março de 1982. Ele é o segundo filho de Caiado com Thelma Gomes, professora de história da rede municipal e estadual em Aparecida de Goiânia, no Colégio Estadual Vida Nova.

Ronaldo Filho cursou dois semestres do curso de rádio e TV na Universidade Federal de Goiás (UFG), mas saiu e logo se mudou para São Paulo. Na capital paulista, o homem se formou em administração na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

Por muitos anos, Ronaldo dividiu sua vida entre Goiás e São Paulo, mas, há pouco mais de um ano, o administrador se mudou de vez para Nova Crixás. Na cidade goiana, ele cuidava da fazenda da família.

Lamento

O governador Ronaldo Caiado publicou uma mensagem em uma rede social lamentando a morte do filho.

“Meu filho querido. Minha dor neste momento só não é maior do que o meu amor por você. Que Deus o acolha na Sua Glória Infinita”, escreveu o governador.

Fonte:G1

Veja Também

Morre José Pereira Cardoso, fundador do Biscoitos Pereira

O fundador do Biscoitos Pereira, José Pereira Cardoso, morreu na noite de quinta-feira (11) aos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.