Início » Destaque Coluna » Até setembro, mais de 6 milhões de estudantes voltam às aulas presenciais

Até setembro, mais de 6 milhões de estudantes voltam às aulas presenciais

Até setembro, a previsão é de que cerca de 40% dos alunos das redes estaduais voltem para os colégios. Essa retomada das aulas presenciais, suspensas há quase cinco meses em razão da pandemia de Covid-19, tem gerado divergências entre gestores estaduais e autoridades sanitárias.

De acordo com o jornal Metrópoles, com base em dados compilados pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), ao menos nove estados e o Distrito Federal divulgaram o calendário para o retorno presencial às escolas entre o fim de julho e o início de setembro.

O número de unidades da federação que planeja o regresso das atividades educacionais ainda pode aumentar. Em Goiás e na Bahia, por exemplo, o decreto que suspende as aulas perde a validade em 31 de julho e os governos ainda não se pronunciaram sobre a decisão de retomar os estudos presenciais ou prorrogar a suspensão.

O Censo Escolar de 2018, o mais recente, indicou que as redes estaduais reúnem 30,3 mil escolas e 15,9 milhões de alunos. Ou seja, com a retomada gradual, cerca de 6,4 milhões de estudantes podem voltar a estudar presencialmente.

Veja os estados que já programaram a volta das aulas presenciais:

  • Maranhão – 10 de agosto
  • Rondônia –  agosto (data a definir)
  • Tocantins – setembro (data a definir)
  • Rio Grande do Norte – 17 de agosto
  • Distrito Federal – 31 de agosto
  • Acre – 8 de setembro
  • Santa Catarina – 8 de setembro
  • São Paulo – 8 de setembro
  • Piauí-  22 de setembro.
  • Paraná – setembro (data a definir)

Veja Também

COMUNICADO | Boletim Epidemiológico sobre o coronavírus em Jataí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *