Ator é espancado em portaria de prédio no Rio de Janeiro

O ator e influenciador Victor Meyniel foi agredido na portaria de um prédio no Rio de Janeiro no último sábado (2). Segundo sua assessoria de imprensa, Victor “foi covardemente vítima de um crime de homofobia”. De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o agressor foi preso em flagrante pelos crimes de lesão corporal, injúria por preconceito e falsidade ideológica.

O registro da câmera de segurança do local foi divulgado pela equipe de Victor. As imagens são fortes. Nelas, o agressor dá diversos socos enquanto a vítima está no chão. Há um porteiro que observa o crime sentado e sem interagir. Ele levanta e vai em direção a Meyniel para oferecer ajuda apenas após a saída do agressor.

O comunicado ainda destaca que o ator, “junto com a sua mãe, prestou queixa na 12ª DP”, passando por um exame de corpo de delito do IML [Instituto Médico Legal] e sendo atendido numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro informou em nota:

– O autor das agressões foi conduzido por policiais militares para a 12ª DP (Copacabana) e autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, injúria por preconceito e falsidade ideológica. A vítima foi ouvida, e os agentes analisaram imagens de câmeras de monitoramento para elucidar as circunstâncias dos fatos. O caso foi encaminhado para a Justiça, com pedido de conversão do auto de prisão em flagrante para prisão preventiva.

Victor Meyniel é conhecido por causa de seus vídeos de humor nas redes sociais. Ele começou fazendo sucesso no Vine, plataforma de vídeos curtos que fez sucesso há alguns anos. Na sequência, migrou para outros sites como o YouTube e o Instagram; neste último, soma 1,2 milhão de seguidores atualmente.

O ator também está no elenco de filmes como Internet: O Filme (2017), Meus 15 Anos (2017) e Os Espetaculares (2020).

Confira a íntegra da nota divulgada pela equipe de Victor Meyniel:
O ator Victor Meyniel foi covardemente vítima de um crime de homofobia no dia 02/09, na portaria de um prédio, na Rua Siqueira Campos, 142. Victor teria conhecido o agressor na boate Fosfobox, Zona Sul do Rio.

O ator, junto com sua mãe, Regina Meyniel, prestaram queixa na 12ª DP com a delegada Débora Rodrigues e a policial Camila Marques, onde foram super bem tratados. Neste sábado, abriram um boletim de ocorrência. O ator passou por exame de delito no IML e foi atendido pela UPA.

O agressor foi preso e encaminhado na tarde de sábado para o hospital. Foi pedida a prisão preventiva do mesmo, que também está sendo acusado de falsidade ideológica porque se identificou como médico da Aeronáutica. O porteiro do prédio também foi indiciado por omissão a socorro.

Victor e sua família estão tomando as medidas legais para processar o agressor. Ele é representado pelos advogados Ricardo Brajterman e Maira Fernandes.

As imagens devem ser mostradas pela intensidade do crime e da violência e não passará em branco. Possibilidade de gatilho. Cenas fortes.

Fonte:Pleno.News

Check Also

Zilu afirma que seu irmão acobertava traições de Zezé Di Camargo

No ano de 2014, a mídia brasileira enlouqueceu com o anúncio da separação de Zilu …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *