Início » Destaque Geral » Caminhoneiro é preso após matar homem com golpe de faca, em Jataí
(Foto: Reprodução/Facebook)

Caminhoneiro é preso após matar homem com golpe de faca, em Jataí

Vítima teria parado para ajudar amiga da mulher que estava dentro da cabine com o suposto autor do crime

Um caminhoneiro foi preso suspeito de matar Paulo Sérgio Guimarães de Deus, de 34 anos, na madrugada desta terça-feria (5), em Jataí, no Sudoeste do Estado. Segundo a Polícia Civil, Eder Teixeira, de 48 anos, desferiu um único golpe no pescoço da vítima, que chegou ser socorrida, mas morreu no hospital.

Segundo o delegado plantonista que atendeu a ocorrência, Agnaldo Coelho, Eder estava em um bar com duas mulheres, na Vila Campo Neutro. Em determinado momento, ele teria chamado uma das mulheres para a cabine do caminhão. Preocupada com a demora, a outra mulher buscou ajuda com transeuntes que passavam pelo local até que o carro que estava Paulo, com mais dois amigos, parou.

Paulo foi até a cabine do caminhão e, ao se aproximar, foi atingido por um único golpe de faca no pescoço dado pelo caminhoneiro. Ao delegado, Eder alegou legítima defesa. “Acreditamos que ambos os ocupantes do caminhão estavam embriagados e acabaram dormindo dentro do cabine. Em depoimento, ele alegou que ficou assustado e pensou que se tratava de um assalto e, por isso, atingiu o homem”, conta Agnaldo.

A vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após dar entrada na unidade. A mulher também foi ouvida e confirmou que ambos estavam no bar antes do crime.

Eder foi autuado por homicídio e encaminhado para o presídio de Jataí. Agnaldo destaca que o suspeito é natural do Rio Grande do Sul e, preliminarmente, não possui passagens pela polícia. O crime será apurado Grupo de Investigações de Homicídios (GIH), que aguardam os resultados das perícias e laudos.

Fonte: Mais Goiás

Veja Também

Vem aí a 4ª Semana do Empreendedorismo

De 26 a 29 de março, a Prefeitura de Jataí, por meio da sua Secretaria …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *