Início » Destaque Coluna » Caseiro suspeito de matar mulher, enteada e vizinho pode responder por sete crimes com penas que ultrapassam 120 anos, diz polícia

Caseiro suspeito de matar mulher, enteada e vizinho pode responder por sete crimes com penas que ultrapassam 120 anos, diz polícia

O caseiro Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, que confessou ter matado a mulher grávida, a enteada e um fazendeiro, deve responder por sete crimes com penas que ultrapassam 120 anos, conforme informou na Polícia Civil, neste domingo (5), em Corumbá de Goiás, no Entorno do DF.

O suspeito foi preso no sábado (4) em Gameleira de Goiás, após uma fazendeira convencê-lo a se entregar. Um vídeo mostra o momento em que ele chega algemado na delegacia da cidade. Após ser ouvido, o caseiro foi levado para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia e aguarda audiência de custódia.

Wanderson era procurado há seis dias. Durante esse tempo, a polícia chegou a fazer um cerco em várias cidades do Entorno do Distrito Federal.

A polícia disse que, durante esse tempo, ele se alimentou de três pacotes de bolacha e de frutas. Ele também tentava caminhar próximo a áreas com córregos e rios para sempre ter água.

Fonte:G1

Veja Também

Jovem consegue pedir ajuda a amiga e tranca em quarto homem que a estuprou em bar de São Luís de Montes Belos, diz polícia

Um homem de 22 anos foi preso suspeito de ameaçar uma mulher com uma faca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *