Início » Destaque Geral » Caso Vitória: Laudo do IML confirma que menina tentou se defender antes de ‘morte violenta’

Caso Vitória: Laudo do IML confirma que menina tentou se defender antes de ‘morte violenta’

O laudo do Instituto Médico Legal (IML), divulgado na noite desta terça-feira (26), confirmou que a adolescente Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, tentou se defender antes de ter sido assassinada, em Araçariguama (SP).

De acordo com o documento, que diz que a garota morreu por asfixia mecânica traumática por estrangulamento, foram identificadas no corpo da adolescente “lesões de defesa e marcas de contenção, que sugerem que a vítima foi contida por instrumento contundente”.

O laudo também atestou que a menina apresentava lesões internas na musculatura do pescoço, que comprovam a asfixia mecânica por estrangulamento.

O corpo estava em estado avançado de decomposição, o que não permite confirmar se houve abuso sexual ou não. O documento técnico também aponta que Vitória não tinha consumido droga ou medicação. Ainda segundo o laudo do IML, a morte da garota foi por “meio cruel”.

Em entrevista à TV TEM, a mãe, Rosana Magalhães, disse que aguarda o trabalho da polícia e a identificação do responsável pelo crime. “Eu espero Justiça não só para minha filha, mas para todo mundo que já sofreu. A Justiça vem de Deus”, afirmou.

Fonte: G1

Veja Também

Dodge contesta no TSE candidatura de Lula à Presidência

A procuradora-geral eleitoral, Raquel Dodge, decidiu nesta quarta-feira contestar a candidatura à Presidência de Luiz …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *