Cidades do litoral de São Paulo constroem muros para evitar avanço do mar

O litoral de São Paulo é um dos destinos mais procurados pelos paulistas durante o verão. A popularidade da costa do estado, entretanto, não salva ela dos efeitos das mudanças climáticas e do avanço do mar nas praias da região.

Ubatuba, um dos destinos de praia mais procurados de São Paulo, investiu mais de R$ 4 milhões em obras para a contenção do mar em diferentes pontos da orla, incluindo a recuperação de muro de arrimo em Itaguá.

Em Mongaguá, na região da Baixada Santista, a prefeitura da cidade também investiu verba e esforços para a construção de muros para frear o avanço do nível do mar.

“As obras visam aprimorar a resistência das estruturas contra a força das ressacas e marés. Além de reforços na armação de ferro, as muretas contam com fundações mais profundas e enrocamento, para auxiliar na proteção contra a erosão, provocada pelas ondas”, informou a Prefeitura de Mongaguá.

Em Ilhabela, no litoral norte, o governo municipal iniciou o alargamento da faixa de areia das praias da cidade, porém interrompeu as obras pela queda de cerca de 50% na arrecadação dos royalties do petróleo.

Segundo uma estimativa da Nasa, o nível do mar subiu 10 cm nos últimos 30 anos, com a expectativa que suba 1 m até 2100 se nada for feito em relação às mudanças climáticas.

“À medida que o planeta esquenta e o gelo polar derrete, nosso nível médio global do mar está subindo”, escreveu a Nasa, ao compartilhar um clipe que demonstra o aumento do nível do mar.

Fonte: R7

 

 

Check Also

Saiba quem é o pastor que fazia ‘unção’ de órgãos genitais e tinha relações com fiéis

Preso preventivamente, o pastor Sinval Ferreira (foto em destaque), 41 anos, é o religioso alvo da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *