Conectar o carregador na tomada ou no celular primeiro? Muitos fazem errado; veja a forma correta

Muitas pessoas desconhecem que o uso inadequado do carregador de celular pode resultar em danos ao dispositivo e aumentar a probabilidade de explosões. De fato, tais efeitos abrangem o superaquecimento, o curto-circuito, vazamentos e a perda da garantia.

Portanto, é crucial aderir às instruções presentes no manual para evitar surpresas desagradáveis. Em outras palavras, não negligencie os fatores que contribuem para os custos associados à manutenção, evitando assim prejuízos no final do mês.

4 regras para manter a vida útil do carregador de celular

  • Comece conectando o carregador na tomada

Primeiramente, antes de conectar o seu celular ao carregador, você deve verificar se a tomada está em boas condições. Nesse caso, observe se a voltagem é compatível e não há umidade. Em seguida, insira o plugue, certificando-se de que ele esteja bem encaixado e firme, enquanto evita adaptadores e extensões.

  • Conecte o smartphone ao cabo auxiliar

Em segundo lugar, o USB precisa alimentar o smartphone sem interferências, otimizando o carregamento. Contudo, a ausência de cuidado ao manusear o material, leva ao desgaste do revestimento. Visto que a borracha é frágil, não torça o cabeamento e verifique se o ícone da bateria aparece na tela. Essa ação prolonga a durabilidade do dispositivo, ao passo que sobrecarrega menos o sistema.

  • Desconecte o celular antes de remover o cabo

Quando você precisar interromper a carga, é aconselhável desconectar o aparelho primeiro. Conforme mencionado, não arranque ou puxe pela ponta, porque o fio cobre tende a arrebentar. Outra dica é iniciar a recarga no momento em que o marcador atingir cerca de 15% a 20%, e não o desligamento total.

  • Não esqueça de usar apenas carregadores originais

Por último, o carregador falsificado não tem as garantias de um produto certificado por órgãos reguladores. Por exemplo, no Brasil é necessário receber o selo da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Sendo assim, a substituição responsável depende da aquisição de um item testado. Portanto, livre de componentes desconhecidos que podem gerar incêndios.

Com informações de ECB

Check Also

Saiba quem é o pastor que fazia ‘unção’ de órgãos genitais e tinha relações com fiéis

Preso preventivamente, o pastor Sinval Ferreira (foto em destaque), 41 anos, é o religioso alvo da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *