Copom alega “incertezas externas” e mantém taxa básica de juros em 14,25%

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a meta para a taxa básica de juros, a Selic, nos mesmos 14,25% ao ano. É a quinta vez que os juros são mantidos no mesmo patamar, o mais alto em quase dez anos.

O Copom argumentou em comunicado divulgado após a reunião desta terça-feira (2) que, perante “incertezas domésticas e, principalmente, externas”, optou pela manutenção da Selic no mesmo percentual.

O intuito do BC é controlar o crédito e o consumo para conter a inflação. A inflação tem subido por fatores como a alta do dólar – que afeta qualquer produto e serviço que tenha algum componente no exterior ou vindo do exterior, como matéria-prima ou mão de obra – e pelo aumento de preços administrados, como telefonia, água, energia, combustíveis e tarifas de ônibus.

A persistência da inflação, atualmente em 10,7% no acumulado de 12 meses, reforça a tese de que a política de juros perdeu força como instrumento para conter o avanço dos preços. A inflação se alimenta também do descontrole das contas públicas. Em janeiro, o setor público apresentou saldo negativo, antes do pagamento de juros (déficit primário), de 1,75% do PIB. O governo federal admite, atualmente, que pode terminar 2016 com 1% de déficit — estimativa considerada otimista pelo mercado. Para que a dívida pública se mantenha estável, o resultado teria de ser um superávit da ordem de 2,5%. Torna-se mais urgente a realização do ajuste fiscal, a fim de melhorar as contas no curto prazo, e a definição de uma reforma fiscal, para colocar as contas em rumo saudável no médio e longo prazo.

Seis integrantes do Copom votaram pela manutenção, e dois, pela alta dos juros para 14,75% ao ano. Tony Volpon, diretor de Assuntos Internacionais, e Sidnei Corrêa Marques, diretor de Organização do Sistema Financeiro, queriam a alta.

A evolução da taxa Selic no governo Dilma (Foto: Arte ÉPOCA)
Fonte: Época

Check Also

Saiba em qual situação você fica isento de pagar Imposto de Renda em venda de imóvel

Muitos indivíduos não estão cientes de que, ao vender um bem ou direito, podem estar …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *