Crusoé: “O Lula está de volta”

Em seu discurso na Assembleia-Geral da ONU, Lula (foto) repetiu que “o Brasil está de volta”. Contudo, os três recordes batidos em sequência — gastos no cartão corporativo, despesas com publicidade e emendas parlamentares — mostram que este governo será uma réplica dos dois primeiros mandatos do petista, diz Crusoé.

“Do púlpito da Assembleia-Geral da ONU, o presidente Lula desfilou os mesmos carcomidos dogmas da esquerda dos últimos cinquenta anos. Atacou o bloqueio a Cuba e o protecionismo dos países ricos. Defendeu o povo palestino, o multilateralismo, o combate à fome e pediu a reforma do Conselho de Segurança. Nada de novo, portanto. ‘Como não me canso de repetir, o Brasil está de volta. Nosso país está de volta para dar sua devida contribuição ao enfrentamento dos principais desafios globais’.”

“Mas, se Lula sempre retoma essa expressão referindo-se a um retorno ao palco global, a frase pode ser entendida como uma volta ao passado, como escreve Orlando Tosetto Júnior em coluna nesta edição da Crusoé. Trata-se de um fenômeno que se dá tanto nas relações exteriores como no plano doméstico. Nas últimas semanas, três recordes batidos em sequência mostram que este governo será uma réplica dos dois primeiros mandatos de Lula, com abuso da máquina pública para fins eleitoreiros, compra de votos no Legislativo e comportamentos perdulários entre autoridades.”
Fonte: O antagonista

Check Also

URGENTE: em pesquisa AtlasIntel, Pablo Marçal já ultrapassa Tabata e aparece em terceiro colado em Nunes; veja números

Guilherme Boulos, deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOL, lidera as …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *