Início » Destaque Geral » Cruz acerta o primeiro golpe em dia de primárias nos EUA

Cruz acerta o primeiro golpe em dia de primárias nos EUA

O senador ultraconservador Ted Cruz deu o primeiro golpe em uma das cinco primárias deste sábado na corrida presidencial dos Estados Unidos, com a vitória sobre Donald Trump em Kansas.

Com todos os votos apurados, as redes de TV CNN e Fox apontaram a vitória de Cruz no estado, com 48,2%, uma enorme vantagem sobre Trump, que ficou em segundo com 23,3%.

O senador pela Flórida Marco Rubio ficou em terceiro lugar, enquanto o governador de Ohio, John Kasich chegou em quarto.

A votação em Kansas e nos outros estados será o primeiro teste para determinar se a cruzada empreendida por estrategistas e líderes republicanos para conter Trump, liderada nesta semana por Mitt Romney, candidato presidencial do partido em 2012, surtirá efeito nos eleitores.

A elite do partido Republicano teme que uma candidatura de Trump entregue as eleições de novembro de bandeja para Clinton, ou pior, abale definitivamente os fundamentos do centenário partido de Abraham Lincoln.

Até agora, eleitores republicanos contra esses mesmos dirigentes partidistas deram vitória a Trump em 10 dos 16 estados que já realizaram eleições internas.

A vitória de Cruz demonstra que embora Trump esteja cada vez mais perto de obter a indicação na convenção do partido em julho, a disputa continua aberta.

“Deus abençoe Kansas”, disse Cruz a seus seguidores no estado de Idaho.

“O que estamos vendo é os conservadores se unindo”, acrescentou.

No campo democrata, o senador Bernie Sanders tenta reduzir a distância em relação à ex-secretária de Estado Hillary Clinton com os votos em Kansas, Luisiana e Nebraska.

Clinton é dada como vencedora em Luisiana, maior troféu do dia, com os votos da comunidade negra.

Além de Kansas, os republicanos votam em Luisiana, Kentucky e Maine.

No dia 15 de março, cinco estados decisivos vão às urnas, entre eles Flórida e Ohio, em um esquema onde o ganhador fica com todos os delegados e não de maneira proporcional como até agora.

Romney acusou Trump de ser um “falso” e “uma fraude” e disse que o empresário, que promete erguer um muro na fronteira entre Estados Unidos e México e vetar a entrada de mululmanos, representa “o mesmo tipo de ódio que levou outras nações ao abismo”.

Trump reagiu neste sábado em um encontro em Wichita, Kansas, acusando a Romney de ser um “perdedor” que não conseguiu derrotar o presidente Barack Obama em 2012.

“O establishment está contra nós”, disso. “Vamos mudar muito as coisas e rapidamente. Será muito rápido e vocês vão dicar muito orgulhosos”, afirmou.

Com os rivais de Trump convencidos em permanecer até o final, existe a possibilidade de que nenhum candidato consiga os 1.237 delegados necessários para obter a indicação antes da convenção em julho.

Isso levaria ao cenário de uma convenção “negociada”, com possibilidades de que haja uma tormenta se as figuras do establishment do partido tentarem evitar que os delegados apoiem a candidatura de Trump.

O presidente do Partido Republicano, Reince Priebus, disse, contudo, que esse cenário é “altamente improvável”.

Cruz recebeu um impulso extra, quando ganhou uma votação simbólica, mas significativa, no CPAC, o grande encontro dos conservadores americanos.

Trump causou ressentimentos ao cancelar sua apresentação no sábado no CPAC. Os organizadores disseram que a decisão do empresário “envia uma mensagem muito clara aos conservadores”.

Por outro lado, Marco Rubio, considerado por muitos líderes republicanos como a aposta mais lógica, recebeu aplausos na conferência ao prever um espantoso futuro para os republicanos “se o movimento conservador for sequestrado por alguém que não é conservador”, em clara alusão a Trump.

Apesar da escalada verbal, cada um dos três adversários de Trump afirmaram que o apoiarão se ele for o indicado.

Antes deste sábado Trump despontava na frente, com 329 delegados, seguido por Cruz com 231, Rubio com 110 e Kasich com 25. Neste sábado se disputam 155 delegados.

Trump ganhou em 10 estados, Cruz em cinco, incluindo Kansas. Rubio tem uma vitória.

 Fonte: Istoé

Veja Também

Polícia de Goiás prende chefe de quadrilha especializada em roubo de cargas de cigarros

O Comando de Operações de Divisas (COD/CPR) prendeu, nesta sexta-feira (20/7), João Guedes Nonato. Ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *