Início » Notícias » Brasil » Dentista é presa acusada de racismo contra bebê recém-nascida

Dentista é presa acusada de racismo contra bebê recém-nascida

Uma dentista foi presa nesta terça-feira (17/4), em Teresina, no Piauí, acusada de racismo contra uma mulher e sua filha recém-nascida. Delzuite Macêdo é apontada como autora de uma série de comentários ofensivos direcionados às duas e a todas pessoas negras.

O texto foi publicado em seu Facebook apenas para amigos, mas as imagens circulam nas redes sociais e geraram revolta entre internautas. No texto, a dentista afirma que seu filho “é lindo e branco” e ofende a vítima. “Já vi que você saiu da senzala, porém a senzala ainda não saiu de você”, diz, afirmando que não se interessa por gente que nunca chegará ao seu “tom de pele”.

A vítima, Thaiane Ribeiro Neves, procurou a delegacia de São Raimundo Nonato no último dia 9. Em entrevista ao jornal Extra, o delegado Emir Maia afirmou que foi aberto inquérito policial para investigar as publicações da dentista.

Delzuite estava foragida e foi encontrada na manhã desta terça em um hotel, já com passagem comprada para São Paulo. A prisão foi decretada porque ela não compareceu à delegacia para prestar depoimento.

Em entrevista ao jornal, a família da suspeita alegou que acusada sofre de transtornos mentais e afirmou que vai pedir na Justiça a internação da parente. Em seu Facebook, a vítima publicou uma nota em que questiona a alegação.

Delzuíte responde por três processos, todos abertos no último ano. O primeiro, de março, é por difamação, injúria e ameaça; o segundo, de agosto, é apenas por difamação; enquanto o último, de outubro, é por dano, sem especificar, porém, de que tipo.

Fonte: Jornal Opção

Veja Também

Dodge contesta no TSE candidatura de Lula à Presidência

A procuradora-geral eleitoral, Raquel Dodge, decidiu nesta quarta-feira contestar a candidatura à Presidência de Luiz …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *