Início » Notícias » Agronegócio » Em caso raríssimo, vaca pariu bezerros quíntuplos em fazenda

Em caso raríssimo, vaca pariu bezerros quíntuplos em fazenda

Uma vaca da raça Nelore pariu bezerros quíntuplos em uma fazenda de Goianápolis, a 42 km de Goiânia. Nasceram três fêmeas e dois machos, sendo que um deles – o caçula – não resistiu e acabou morrendo. Apesar de ser uma gestação feita via inseminação, artificial, o caso é considerado raríssimo pela medicina veterinária.

Os bezerros nasceram no último sábado (5). Apesar de frágeis, eles estão bem e ficam o tempo todo ao lado da mãe, que pesa mais de meia tonelada, em um curral separado dos outros animais.

O fato chamou a atenção do dono da vaca, o produtor rural Edwards de Lima Rodrigues. Mesmo com 40 anos de experiência no manejo de gado, ele conta que imaginava um parto múltiplo, mas levou um susto com os cinco animais.

“Na véspera, eu tinha olhado a vaca e falei ‘tem que ser gêmeos’ porque eu nunca vi um barrigão tão grande. De fato, não eram gêmeos, eram quíntuplos”, revela.

Fato raro

De acordo com o médico veterinário e professor universitário Benedito Dias de Oliveira Filho, especialista em reprodução bovina, o caso é considerado raríssimo.

“Geralmente, é um filhote apenas. Casos de gêmeos bovinos já é algo que acontece, mas com baixa frequência. Mais do que três, sem nenhuma técnica de superovulação, já é raríssimo. Em 40 anos na área, é a primeira vez que vejo bezerros quíntuplos”, disse.

Ele salientou ainda que em casos de gestações múltiplas, é de 95% a possibilidade que as gêmeas sofram de uma condição chamada de Freemartismo, que podem torná-las estéreis.

“Porém, como o nascimento de quíntuplos não é comum, é preciso esperar cerca de quatro ou cinco meses para fazer uma avaliação mais detalhada”, frisa.

Fonte: G1

Veja Também

Horóscopo: confira a previsão de hoje (25/5) para o seu signo

Áries (21/03 – 20/04) Algumas máscaras cairão. Se você quer investir num futuro com mais segurança, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *