Em dia frio, homem morre no Litoral de SC e IGP suspeita de hipotermia

Um homem de 48 anos foi encontrado morto nesta quinta-feira (9) em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense, na calçada da avenida Atlântica. Sem ferimentos, o Instituto Geral de Perícias (IGP) suspeita que a causa foi hipotermia. Na madrugada, a cidade marcou 4,3°C.

Segundo a Polícia Militar, a vítima foi encontrada às 6h e o corpo encaminhado para análise no IGP. Até as 10h, o instituto ainda fazia análises.

Conforme o coordenador do Departamento de Resgate Social do município, Paulo Roberto de Souza, o homem não tinha registro na Casa de Passagem nem na Secretaria de Inclusão Social. O órgão não soube confirmar se ele estava em situação de rua.

A Polícia Militar informou que o homem não possui registro de moradia fixa no sistema interno da corporação.

Santa Catarina teve o dia mais frio do ano até agora. Em Urupema, termômetros marcaram -5,3ºC. Ano menos 19 cidades do estado tiveram negativas nesta quinta.

Na quarta-feira (8), um homem de 67 anos teve de ser levado às pressas para o hospital em Xanxerê, no Oeste catarinense, com sinais de hipotermia. Ele estava desacordado em um terreno baldio, uma área pertencente a sede recreativa de uma empresa.

Alerta da Defesa Civil
A Defesa Civil decretou,estado de atenção por causa das baixas temperaturas em Santa Catarina. O cuidado deve ser redobrado, principalmente com a população mais vulnerável como moradores de rua, idosos, crianças e pessoas que tenham problemas crônicos respiratórios. O órgão também orienta abrigar os animais domésticos durante as noites.

Resgates no frio
De acordo com Departamento de Resgate Social, há dez dias uma equipe de retirada de pessoas das ruas foi reforçada para atuação na madrugada.

Nesta quinta está programada uma ação em conjunto com a Guarda Municipal para levar essas pessoas para casa de passagem, caso elas concordem.

Uma das preocupações do órgão é com os alcoolistas, já que o álcool dá uma falsa sensação de calor e eles acabam se expondo demais ao frio.

Fonte: G1

Check Also

Ronnie Lessa já reduziu pena em 200 dias lendo livros

foto: reprodução Ronnie Lessa, ex-policial militar e suspeito do assassinato da vereadora Marielle Franco e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *