Em queda livre: em nove meses, Lula tem o dobro da rejeição registrada em mandatos anteriores

De acordo com levantamento do PoderData, o presidente Lula (PT) chegou aos nove meses de governo com a rejeição de 35% dos brasileiros. O indicador está empatado tecnicamente com o resultado da pesquisa para “ótimo” ou “bom”, que foi de 36%.

O percentual de “ruim” ou “péssimo” é praticamente o dobro dos números registrados no mesmo período do primeiro e segundo mandatos do petista. Nos primeiros nove meses do primeiro mandato, Lula teve 14% de rejeição e, no segundo mandato, 18%.

Em comparação com a avaliação negativa de outros presidentes, Lula aparece tecnicamente empatado com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que apresentava rejeição de 34% nos primeiros nove meses.

Por outro lado, Lula está atrás da também petista, Dilma Rousseff, que era rejeitada por 69% dos brasileiros no mesmo período do segundo mandato, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que registrou 51% de rejeição também no segundo mandato.

O levantamento foi realizado de 24 a 26 de setembro de 2023 e levou em consideração os dados registrados na pesquisa do PoderData da semana passada que apontou o maior nível de desaprovação do governo (45%) desde o início do ano.

O índice representa um empate técnico com o percentual dos que aprovam o governo (48%), já que a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais. Além disso, a diferença entre os dois marcadores é a menor registrada desde o início do terceiro mandato do petista.

Os pesquisadores ouviram 2.500 pessoas por meio de ligação telefônica em 212 municípios nas 27 unidades da federação.

FONTE: terrabrasilnoticias.com

Check Also

Ronnie Lessa já reduziu pena em 200 dias lendo livros

foto: reprodução Ronnie Lessa, ex-policial militar e suspeito do assassinato da vereadora Marielle Franco e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *