Início » Destaque Coluna » Estudante denuncia injúria racial durante jogo de basquete em escola de Caldas Novas

Estudante denuncia injúria racial durante jogo de basquete em escola de Caldas Novas

Um estudante Cauã Gomes, de 16 anos, denuncia que foi vítima de injúria racial enquanto jogava uma partida de basquete em uma escola estadual de Caldas Novas, no sul de Goiás. Um vídeo mostra quando uma pessoa não identificada grita da torcida: ‘Seu preto do caaralho’.

Em nota à TV Anhanguera, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que só tomou conhecimento do fato na terça-feira e que fará a averiguação imediata dos fatos e tomará as providências necessárias (nota na íntegra ao fim do texto).

O caso aconteceu na quinta-feira (5), mas as imagens só foram divulgadas na terça-feira (11). Cauã conta que, na hora da partida, não havia percebido as ofensas, mas ouviu os xingamentos depois que recebeu os vídeos.

“Eu não tinha reparado, estava focado no jogo. Depois que vi as gravações, pensei: ‘realmente isso aconteceu? Eu sofri isso mesmo?’ eu não estava entendendo’, disse o adolescente.

A mãe dele, Celize Gomes, contou que o filho joga basquete pelo campeonato estudantil de Caldas Novas. Ele é aluno do Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) Nivo das Neves e a partida aconteceu no Centro de Educação de Jovens e Adultos Filostro Machado Carneiro.

Celize conta que não chegou a registrar ocorrência sobre o caso, pois não era possível identificar o autor da ofensa gravada. Ela ainda disse que ficou muito triste pelo que aconteceu com o filho e que sempre vai incentivar que ele não desista do esporte.

“Racismo dói. Para quem sofre é dolorido, é amargo. Nós temos uma única forma de protestar contra isso e batalhar para que não aconteça, é a nossa voz”, disse a mãe.

Nota da Seduc

Em atenção à solicitação de informações sobre denúncia envolvendo estudantes de escolas públicas estaduais, em Caldas Novas, a Secretaria de Estado da Educação de Goiás esclarece e informa:
As duas unidades, o Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) de Caldas Novas Nivo das Neves e o Centro de Educação de Jovens e Adultos Filostro Machado Carneiro integram a rede estadual na cidade de Caldas Novas.
A denúncia envolvendo estudantes destas escolas foi conhecida pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), na data de hoje, 10/5, por meio da solicitação de informações de veículos de imprensa sobre o ocorrido.
A Seduc fará a averiguação imediata dos fatos e tomará as providências necessárias.

Fonte:G1

Veja Também

Foragido condenado por mais de 100 estupros é preso após fuga de presídio

A Polícia Penal recapturou Wanderson Alves Carvalho, condenado por mais de 100 estupros em Goiás. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.