Início » Destaque Coluna » Fazendeiro réu por ajudar Lázaro Barbosa a fugir da polícia morre em Águas Lindas de Goiás

Fazendeiro réu por ajudar Lázaro Barbosa a fugir da polícia morre em Águas Lindas de Goiás

O fazendeiro Elmi Caetano, réu por ajudar Lázaro Barbosa a fugir da polícia, morreu em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. O advogado dele, Ilvan Silva Barbosa, disse que o cliente teve um infarto no domingo (27). À época do crime, a defesa dele negou que o idoso e seu caseiro tivessem qualquer ligação com o fugitivo.

Ainda de acordo com Ilvan, o fazendeiro estava morando na cidade com a esposa e os filhos. Não há informações se ele chegou a ser socorrido e levado a algum hospital, ou se morreu ainda em casa.

As acusações contra Elmi foram de que ele abrigou o fugitivo e deu informações falsas à polícia sobre onde Lázaro estava – veja aqui depoimento do caseiro sobre como teria sido ajuda ao procuradoEle foi morto após 20 dias de fuga.

Processo

Elmi e o caseiro foram presos no dia 24 de junho de 2020 em Girassol, distrito de Cocalzinho de Goiás. Segundo a polícia ele ficou em silêncio ao ser interrogado na delegacia. Advogado dele, Ilvan contou que o cliente ficou detido por 12 dias, depois foi solto.

O Ministério Público denunciou o fazendeiro no dia 30 de junho de 2021. Elmi se tornou réu em 6 de julho do mesmo ano.

O advogado disse que o processo do cliente estava suspenso aguardando laudos periciais que comprovariam se Lázaro estava mesmo ou não na fazenda de Elmi.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO), geralmente, quando o réu morre, o caso é arquivado. No entanto, leva alguns dias até que seja definido o que realmente deve acontecer.

Fonte:G1

Veja Também

Após morte de Ronaldo Caiado Filho, Goiás decreta luto oficial de três dias e fecha agenda do governador

O governador Ronaldo Caiado (UB) decretou luto oficial no estado por três dias pela morte …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.