Início » Colunas » Coluna - Política » Goiás ganha mais de 260 mil eleitores em dois anos, e 53% de todas as pessoas que podem votar no estado são mulheres

Goiás ganha mais de 260 mil eleitores em dois anos, e 53% de todas as pessoas que podem votar no estado são mulheres

Goiás tem 4,87 milhões de eleitores, dos quais 2,55 milhões são mulheres, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Das eleições de 2020, quando o órgão contabilizou 4,60 milhões de pessoas aptas a votar, para as de 2022 o estado ganhou mais de 260 mil novos eleitores.

Também de acordo com os dados do TSE, as mulheres representam 53% dos goianos que podem ir às urnas. Das 246 cidades do estado, 135 têm mais eleitoras que eleitores. Uma cidade tem exatamente o mesmo número de cada gênero: Heitoraí.

Quatro cidades superam a maioria feminina do estado. Os municípios com 54% de eleitoras são: Cidade OcidentalNovo GamaGoiânia e Valparaíso de Goiás.

A única cidade em que os homens representam esta porcentagem (54%) é Água Fria de Goiás. A maioria masculina mais próxima, que chega a 53%, pode ser encontrada em: BalizaGuarani de GoiásSanta Rita do Novo Destino e Sítio D’Abadia.

Faixa etária

Segundo o TSE, o voto é considerado obrigatório para pessoas alfabetizadas e com idades entre 18 e 70 anos. Quem não precisa, mas pode votar, são os adolescentes com 16 e 17 anos, que somam 1,37% do total de eleitores, e os idosos com mais de 70 anos, que são mais de 4%.

Também de acordo o órgão, as pessoas entre 25 e 49 anos que vivem no estado somam mais da metade do público com o poder de voto (52%). Os grupos com mais de 500 mil pessoas em cada são:

  • 25 a 29 anos – representam 11% (511.866)
  • 30 a 34 anos – representam 10% (500.031)
  • 35 a 39 anos – representam 11% (511.964)
  • 40 a 44 anos – representam 11% (515.110)

Escolaridade

Os dados do TSE também mostram que a maioria dos eleitores e eleitoras têm ensino médio completo – 29% das mulheres e 26% dos homens. O segundo nível de escolaridade mais comum é o fundamental incompleto – 20% das mulheres e 24% dos homens.

Também segundo o órgão, há mais de 65 mil mulheres (2,5%) e 62 mil homens (2,7%) analfabetos.

As mulheres com ensino superior completo somam 350 mil eleitoras, o que representa 13,7% do total. Já no público masculino, este mesmo nível de escolaridade é de 219 mil – 9,5% dos eleitores.

Fonte:G1

Veja Também

Morre José Pereira Cardoso, fundador do Biscoitos Pereira

O fundador do Biscoitos Pereira, José Pereira Cardoso, morreu na noite de quinta-feira (11) aos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.