Início » Destaque Geral » Guerra ao mosquito

Guerra ao mosquito

A “Mobilização Goiás contra o aedes aegypti – nova gestão, mosquito não” realizada em fevereiro nos bairros Jardim da Liberdade, Campo Neutro, Frei Domingos e em parte do Bairro Dom Abel teve como objetivo levar à população local informações sobre as doenças causadas pelo mosquito, assim como, realizar o recolhimento de resíduos em quintais e terrenos baldios que podem favorecer o surgimento do mosquito e ainda, transmitir conhecimento sobre as formas de prevenção das doenças. A ação que acontece mensalmente foi encabeçada pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Ambiental em Saúde da Secretaria de Saúde e contou com a parceria do Corpo de Bombeiros e da Odebrecht Ambiental e envolveu mais de cem profissionais.

Na ocasião, mais de dois mil imóveis foram visitados e em vinte e sete deles, foram encontrados larvas do mosquito. Além disso, as equipes recolheram em quintais e terrenos baldios mais de 37 toneladas de resíduos que podem favorecer a reprodução do mosquito. Já no ponto de apoio, instalado à Rua 5, entre a Rua Benjamim Constant e Av. Dr. Dorival de Carvalho no Jardim da Liberdade, foram distribuídas oitenta mudas da planta citronela (repelente natural para o mosquito) e administradas gotas de profilaxia homeopática contra o vírus da dengue em quase 60 pessoas. Além disso, neste mesmo local foram desenvolvidas atividades educativas para crianças e oferecidas à população doses de vacinas contra a febre amarela e hepatite B e ainda, as vacinas dupla e tríplice viral. Ao todo 36 pessoas foram imunizadas durante a ação.

Veja Também

Dodge contesta no TSE candidatura de Lula à Presidência

A procuradora-geral eleitoral, Raquel Dodge, decidiu nesta quarta-feira contestar a candidatura à Presidência de Luiz …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *