Início » Destaque Geral » Homem tem 95% do corpo queimado após casa pegar fogo

Homem tem 95% do corpo queimado após casa pegar fogo

Um homem de 45 anos teve 95% do corpo queimado após um incêndio na casa onde morava, no Setor Recanto do Bosque, em Goiânia, segundo o Corpo de Bombeiros. Testemunhas informaram à polícia ter ouvido uma discussão da vítima com a esposa minutos antes. A mulher foi levada para a delegacia para prestar depoimento e alegou que não estava no local quando o fogo começou. A suspeita é que as chamas tenham sido provocadas por ação humana.

O incêndio aconteceu na noite de terça-feira (8). Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem foi socorrido e levado para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). A assessoria de imprensa da unidade informou, por telefone, que um homem deu entrada com as mesmas características, mas como ele não foi identificado formalmente, não pode confirmar se trata da mesma pessoa e qual seu estado de saúde.

A casa e os móveis ficaram bastante destruídos. O homem foi resgatado na calçada do imóvel. Um vizinho, que preferiu não se identificar, disse que ajudou a socorrer a vítima e ouviu, antes, uma discussão entre o casal.

“O casal estava brigando, brigava do lado de fora da rua, depois entrava para dentro de casa e aí uma meia hora depois ficou tudo em silêncio. E aí logo depois disso, veio um barulho muito forte, um barulho de uma explosão, alguém caindo, achei até que era alguém caindo de cima de um telhado, alguma coisa nesse sentido”, afirma.

A Polícia Militar também esteve no local para atender a ocorrência. Segundo o aspirante Diego Bernardes, a esposa do homem foi localizada junto com o filho e levados para a Central de Flagrantes.

“Ela estava bastante abalada, bem como o filho. Segundo o relato inicial dela, ela alegou que o filho teve uma briga com o pai, se feriu após dar um soco em uma vidraça e por esse motivo ela levou o filho até um pronto socorro, que de lá ela teria feito uma ligação para o marido e teria escutado um estrondo”, afirma.

No boletim de ocorrência, uma testemunha confirma o relato. Ele afirma que a mulher, ao chegar na casa, foi questionada sobre o ocorrido e ela afirmou que levou o filho ao hospital. O jovem teria machucado a mão ao quebrar a janela do quarto com um pedaço de pau durante a discussão. Após a oitiva, ela foi liberada.

O tenente dos bombeiros Cláudio Silva disse que somente a perícia poderá confirmar as causas do incêndio, mas ele tem uma suspeita. “Acreditamos que o fogo começou por ação humana, porque ocorreu em vários lugares ao mesmo tempo”, disse.

Fonte: G1

Veja Também

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

Os pagamentos se referem ao ano base 2017. A Caixa reservou R$1,3 bilhão apenas para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *