Últimas Notícias
Início » Destaque Coluna » Jovem é resgatada depois de cinco meses mantida em cárcere privado pelo companheiro, em Aparecida de Goiânia

Jovem é resgatada depois de cinco meses mantida em cárcere privado pelo companheiro, em Aparecida de Goiânia

Uma jovem de 21 anos foi resgatada depois de cinco meses mantida em cárcere privado pelo companheiro, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital. A vítima relatou à Polícia Militar que também era agredida com facões, chutes e socos. O homem foi preso em flagrante.

A delegada Ana Paula Machado, responsável pelo caso, disse que o companheiro da jovem a mantinha presa em um apartamento desde fevereiro deste ano e a ameaçava de morte, caso ela tentasse colocar um fim no relacionamento.

“A vítima foi ouvida e contou que ele a ameaçava de morte e que também sofreu agressões físicas durante esse período que estava presa. A vítima só podia sair se fosse na companhia dele e até o celular dela havia sido confiscado por ele”, relata a delegada.

Como o nome do investigado não foi divulgado, o G1 não conseguiu contato com a defesa dele. A delegada disse que, durante o interrogatório, o suspeito se permaneceu calado, não respondendo a nenhuma das perguntas feitas pelos investigadores.

Em depoimento, a jovem contou que não conseguia falar nem com a família, já que o celular dela havia sido confiscado pelo marido. Ela só conseguia contato por meio do celular dele e quando ele estava junto.

“Ela narrou de forma detalhada que era impedida de deixar o apartamento sem a presença dele. Todos os contatos com a família dela eram feitos pelo celular dele e que, quando algum parente ligava, ele sempre dava alguma desculpa e não deixava ela falar. Ele privava toda a liberdade dela”, conta a delegada.

O inquérito policial deve ser concluído nesta sexta-feira (7). Conforme a delegada, o homem vai ser indiciado pelos crimes de cárcere privado, lesão corporal, ameaça e posse de drogas ilícitas, pois no momento da prisão foram encontradas porções de maconha.

Pedido de socorro e prisão

A prisão em flagrante foi feita pela Polícia Militar na sexta-feira (31), em um prédio no setor Jardim Luz. Conforme ocorrência policial, a vítima conseguiu ter acesso ao celular e mandar uma mensagem de socorro para a mãe, que acionou a PM e relatou que há 15 dias não conseguia falar nem ver a filha.

De acordo com a corporação, quando a equipe chegou ao prédio e acionou a sirene, a vítima gritou por socorro. A equipe teve que arrombar a fechadura do apartamento para poder socorrer a jovem.

Ainda conforme relato policial, ao ser resgatada, a jovem contou à corporação que o companheiro havia fugido correndo pelo prédio. A equipe começou a buscar o suspeito e o encontrou escondido em outro apartamento no andar superior ao dele. Os policiais disseram que o suspeito estava bastante agressivo.

Em um quarto que era mantido trancado e que a jovem não tinha acesso, os policiais encontraram duas munições, porções de maconha, três facões e duas facas grandes.

A equipe relata ainda que, após ser resgatada, a jovem pediu apoio para retirar seus pertences do apartamento para não ter de voltar ao local.

Até as 11h40 desta sexta-feira (7), o suspeito continuava preso, conforme delegada Ana Paula Machado.

Veja Também

COTAÇÕES

*SINDICATO RURAL DE JATAÍ* Cotações do agronegócio – 22/09/2020 *SOJA* R$: (Para descontar funrural) – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *