Início » Destaque Coluna » Jovem morre após ser esfaqueado em festa de Montividiu

Jovem morre após ser esfaqueado em festa de Montividiu

A Polícia Civil investiga a morte de Bruno Rodrigues Paixão, de 20 anos, que foi esfaqueado durante a festa de ano novo em Montividiu, no sudoeste de Goiás. A polícia já tem um suspeito, que aparece em um vídeo com uma faca na mão, mas ele ainda não foi encontrado.

A festa foi realizada na feira coberta da cidade e organizada pela prefeitura.

“Diante da demora da ambulância de plantão, a vítima foi colocada em um veículo particular aberto e encaminhada ao hospital municipal. Recebidos os primeiros socorros, e não resistindo aos ferimentos, veio a óbito”, diz trecho da ocorrência.

A prefeitura informou em nota, nesta segunda-feira (3), que seguiu todos os protocolos sanitários e de segurança. “Houve revista na entrada do evento e ainda não se sabe ao certo como o suspeito de cometer o crime teve acesso a faca (arma utilizada para cometer o crime)”, diz o comunicado.

O Corpo de Bombeiros informou que não foi chamado para atender o jovem no local da briga.

Também por nota, a Polícia Civil disse que foram requisitadas algumas provas periciais e iniciadas oitivas de testemunhas, incluindo o pai da vítima, com o objetivo de se esclarecer melhor os fatos. “A PC também busca, no momento, localizar o autor do crime, para que ele possa sofrer a devida sanção legal”, informou o comunicado.

Vários jovens aparecem brigando nas imagens. É possível ver um homem com uma faca no meio da confusão correndo atrás da vítima. Pouco tempo depois, o jovem aparece com a camisa cheia de sangue e é socorrido por pessoas que estavam no local.

O rapaz foi levado ao hospital municipal da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois de chegar à emergência.

A irmã do jovem, Pabline Paixão, de 19 anos, explicou que a briga começou por causa de um chapéu. “Um homem tirou o chapéu da cabeça do meu irmão e quando ele foi pegar de volta, os amigos acharam ruim. Um deles pegou o chapéu e o cortou com canivete”, contou.

A jovem relatou ainda que os homens debocharam de Bruno Rodrigues, o que teria motivado a briga.

“Eles começaram a brigar, mas não estavam conseguindo bater no meu irmão, foi quando um deles puxou o assassino da multidão, que estava com uma faca grande”, desabafou.

Segundo o boletim de ocorrência, a polícia requisitou a realização do exame cadavérico para auxiliar a investigação.

Fonte:G1

Veja Também

Jovem consegue pedir ajuda a amiga e tranca em quarto homem que a estuprou em bar de São Luís de Montes Belos, diz polícia

Um homem de 22 anos foi preso suspeito de ameaçar uma mulher com uma faca …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *