Início » Destaque Geral » Machado afirma que captou dinheiro para Jandira Feghali, diz jornal

Machado afirma que captou dinheiro para Jandira Feghali, diz jornal

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado disse na delação premiada que captou recursos com empreiteira para a campanha eleitoral da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ),segundo o colunista do jornal “O Globo” Lauro Jardim.

De acordo com a coluna, Machado, delator na Operação Lava Jato, disse que Jandira pediu ajuda diretamente a ele. O ex-presidente da Transpetro conta então que conseguiu recursos com a empreiteira Queiroz Galvão, que tinha negócios com a Transpetro, para a campanha de Jandira.

Machado contou ainda que conseguia o dinheiro como contribuição oficial para as campanhas.

A deputada afirmou ao jornal que na década de 80 atuou como sindicalista em estaleiros e que, por isso, é “natural” que “ao procurar recursos” para as campanhas,  ela “buscasse os parceiros desta luta”.

Para a TV Globo, a deputada reforçou que nenhum recurso da Queiroz Galvão foi para campanha dela a partir de contato com Sérgio Machado e reafirmou que todas as doações feitas para a campanha são legais, públicas e aprovadas pelos tribunais.

A Queiroz Galvão informou que realizou, em 2014, doações legais e registradas oficialmente, à campanha eleitoral da deputada Jandira Feghali.

Delação
Em sua delação, Machado gravou conversas com políticos com foro privilegiado, como o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), que deixou o comando do Ministério do Planejamento após ter o teor dos diálogos revelados nesta semana. Nas gravação, Jucá dizia que era necessário “estancar a sangria” da Lava Jato.

Também deixou o ministério de Temer após divulgação de uma conversa gravada por Machado o ex-ministro da Transparência Fabiano Silveira que, no diálogo, criticava a Lava Jato.

Machado citou o envolvimento dos políticos com fraudes na Petrobras, e por isso, sua delação foi avaliada pelo Supremo.

No dia 3 de junho, reportagem de “O Globo” informou que Machado contou aos investigadores ter pago, pelo menos, R$ 70 milhões a Renan, Jucá e Sarney.

Ele disse que pagou a Renan cerca de R$ 30 milhões. Para Sarney, Machado relatou a entrega de cerca de R$ 20 milhões. Machado citou ainda que entregou outros R$ 20 milhões a Jucá.

Fonte: G1

Veja Também

Pastor Luiz Carlos pede sinalização em cruzamento na Vila Santa Maria

O vereador Pastor Luiz Carlos requereu à SMT a sinalização do cruzamento da Avenida Marechal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *