Médicos fizeram última selfie pouco antes de ataque a tiros em quiosque do Rio

Na madrugada desta quinta-feira, 5, um momento alegre se transformou em uma tragédia brutal à beira da praia na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Quatro médicos de São Paulo, que estavam na cidade para participar de um congresso médico, tiraram uma selfie momentos antes de serem alvo de um ataque a tiros.

No registro, os médicos Marcos de Andrade Corsato, Perseu Ribeiro Almeida e Diego Ralf Bomfim aparecem sorridentes, sentados em uma das mesas do quiosque. No entanto, a alegria registrada na imagem foi abruptamente interrompida quando indivíduos armados desceram de um veículo e abriram fogo contra o estabelecimento, como revelam as imagens de uma câmera de segurança.

A investida resultou na morte de três dos médicos, deixando um quarto, Daniel Sonnewend Proença, gravemente ferido e hospitalizado. Entre as vítimas fatais, destaca-se Diego Ralf Bomfim, de 35 anos, que é irmão da deputada Sâmia Bomfim, do PSOL (SP).

As vítimas, profissionais de renome na área médica, estavam no Rio de Janeiro para participar do congresso da Minimally Invasive Foot Ankle Society (Mifas), programado para começar nesta quinta-feira. Diego Ralf Bomfim era formado em Medicina pela Faculdade de Medicina Dr. Domingos Leonardo Cerávolo, da Universidade do Oeste Paulista, e era especialista em Ortopedia e Traumatologia, cirurgia do pé e tornozelo, além de reconstrução óssea.

Fonte: Conexão politica

Check Also

Saiba em qual situação você fica isento de pagar Imposto de Renda em venda de imóvel

Muitos indivíduos não estão cientes de que, ao vender um bem ou direito, podem estar …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *