Michael Schumacher surpreende fãs com possível primeira aparição pública após acidente trágico; ENTENDA

Poucos dias após completar 55 anos, Michael Schumacher voltou a ser comentado na mídia sobre uma possível aparição — a primeira desde seu acidente — no casamento de sua filha, Gina-Maria Schumacher, previsto para este ano. O local mais provável para a realização da cerimônia é na vila da família em Mallorca, comprada há seis anos, onde o ex-piloto passa a maior parte do tempo. A informação foi publicada no The Sun, tabloide britânico.

Considerado um dos maiores pilotos da história da Fórmula 1, o alemão atualmente se recupera de acidente ocorrido em 2013, enquanto esquiava com a família em Meribel, nos Alpes Franceses. Os relatórios divulgados pela família indicam que o ex-piloto está consciente e se recupera lentamente. Outras fontes próximas ao piloto, como é o caso de Pietro Ferrari, filho do fundador da montadora, declarou que apesar de consciente, Schumacher ainda não consegue se comunicar bem.

Gina se casará com Ian Bethke, de 27 anos, um atleta de hipismo. A data da cerimônia ainda não foi anunciada. Ainda que todo o processo de recuperação do ex-piloto seja um mistério, é esperado que Schumacher apareça no casamento.

Relembre o acidente de Schumacher

Na época, em 2013, o ex-piloto teria caído enquanto andava de esqui com o filho e batido a cabeça. A queda, na estação de Meribel, nos Alpes Franceses, o deixou tetraplégico. Mas pouco se soube além disso: a família de Schumacher fez e faz o possível para manter o estado de saúde dele privado. Após a queda, o alemão ficou quase seis meses em coma, e foi diagnosticado com traumatismo craniano e edema cerebral.

Segundo a versão oficial da família, atualmente o ex-piloto está consciente e se recupera de forma gradativa. Ele descansa em sua casa em Lake, na Suíça, onde foi levado nove meses depois do acidente. Além da casa na Suíça, Schumacher também é levado para a villa de Mallorca. Apenas alguns familiares e amigos íntimos são autorizados a visitá-lo.

Pietro Ferrari, filho de Enzo Ferrari, criador da marca automotiva e da equipe de Fórmula 1, também em entrevista para a La Gazzetta dello Sport, afirmou: “Lamento que falemos dele hoje como se estivesse morto. Ele não está morto, mas não consegue se comunicar”.

Mick Schumacher, filho do alemão e hoje piloto da Mercedes, lamentou não poder trocar figurinhas com o pai.

Quanto custa o tratamento de Michael Schumacher?

Em 2015, a família de Michael Schumacher já havia gastado mais de 10 milhões de libras, ou R$ 43,6 milhões, em tratamentos desde que a lenda do automobilismo sofreu o grave acidente.

Exame

Check Also

URGENTE: em pesquisa AtlasIntel, Pablo Marçal já ultrapassa Tabata e aparece em terceiro colado em Nunes; veja números

Guilherme Boulos, deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOL, lidera as …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *