Início » Notícias » Economia » No Estadão: Pouca concorrência entre distribuidoras deixa a gasolina mais cara, aponta ANP

No Estadão: Pouca concorrência entre distribuidoras deixa a gasolina mais cara, aponta ANP

RIO – O predomínio de três grandes empresas no mercado de combustíveis – BR Distribuidora, Raízen e Ipiranga – contribuiu para que motoristas pagassem mais pela gasolina na bomba, num período em que a Petrobrás reduziu o preço na refinaria, no fim do ano passado, segundo estudo da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O estudo indica que empresas distribuidoras ampliaram seus lucros com a venda do combustível enquanto a estatal mantinha sua tabela congelada.

fonte/Noticias agrícolas

Veja Também

Major Davi quer aviso prévio para corte de fornecimento de água

Segundo ele, concessionária deve avisar sobre interrupção do serviço sete dias antes do corte O …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *