Início » Notícias » Agronegócio » Oferta deve manter altos os preços do milho

Oferta deve manter altos os preços do milho

Uma oferta global apertada deve manter os preços altos do milho, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. Segundo banco alemão Commerzbank, a oferta global apertada deve manter os preços futuros de milho elevados na Bolsa de Chicago (CBOT) nos próximos meses, disse nesta segunda-feira em relatório.

“Segundo o banco, o preço deve ficar em US$ 5,50 por bushel no quarto trimestre. Mesmo que o Departamento de Agricultura dos  Estados  Unidos  (USDA)  esteja  correto  em  sua  previsão  de  superávit  global  de  9  milhões  de  toneladas  em 2021/22, o volume é pequeno se comparado à redução de 70 milhões de toneladas nos estoques mundiais ao longo dos últimos quatro anos”, disse a consultoria, citando a analista do banco Michaela Helbing-Kühl.

 

O Commerzbank observou que os preços de milho perderam bastante terreno após terem alcançado a máxima de oito anos de US$ 7,35 por bushel na primeira quinzena de maio. “No entanto, vêm se recuperando após relatos de geadas  em  áreas  de  cultivo  do  Brasil  e  de  uma  estimativa  de  área  nos  EUA  que  ficou  abaixo  do  esperado. Atualmente, os preços do grão estão em torno de US$ 5,80 por bushel”, completa.

 

“No Brasil, a seca, que em algumas regiões é a mais severa em mais de 90 anos, deve continuar”, afirmou. Nos EUA, a situação também preocupa. “Previsões de mais  longo  prazo  indicam  aumento  da  seca  no  norte  do  Meio-Oeste  (que,  além  do  mais  importante  Estado produtor  de  milho,  Iowa,  também  abrange  Minnesota,  Michigan  e  Wisconsin)  também  durante  os  meses  de verão.”

Veja Também

Traficante abandona mala com 25 tabletes de drogas em ônibus que seguia para Goiânia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na BR-060, em Abadia de Goiás, uma mala com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *