Ônibus da Rápido Araguaia são apreendidos pela Justiça

Um total de 295 ônibus que pertence à Rápido Araguaia, que detém concessão para operar em metade do sistema de transporte coletivo da região metropolitana de Goiânia, foram apreendidos pelo Poder Judiciário na manhã de hoje, da garagem da empresa, no Jardim Santo Antônio, em Aparecida de Goiânia. A quantidade se refere a cerca de metade da frota da empresa que atua em todas as regiões do sistema metropolitano.

A ação judicial teria sido proposta pelo Banco Volks, sob o argumento de atraso no pagamento do financiamento para a aquisição dos veículos, o que foi feito entre 2014 e este ano. Desde o início da manhã, diversas viagens do transporte coletivo foram cortadas pela falta de ônibus. Como o sistema funciona por consórcio, a HP Transportes emprestou alguns veículos para que os motoristas da Rápido Araguaia pudessem trabalhar e diminuir o impacto na operação.

Os usuários sentiram o problema especialmente na região dos terminais Isidória, Veiga Jardim e Cruzeiro, em que se chegou a ter um início de tumulto e necessitou a chamada de reforço policial, mas nenhum caso foi registrado. No momento, a operação é considerada normal, até por se tratar de um sábado a tarde, onde se opera em regime diferenciado e com um menor número de veículos.

Fonte: O Popular

Check Also

Após nova atitude do filho de Lula, Justiça amplia lista de medidas protetivas em favor de sua ex; entenda

A Justiça de São Paulo ampliou as medidas protetivas em favor de Natália Schincariol, ex-mulher …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *