Padre Fábio de Melo é criticado por não defender Júlio Lancellotti

O nome do padre Fábio de Melo está em alta nas redes sociais nesta quinta-feira (4/1). Isso porque internautas estão criticando o religioso por não ter se posicionado sobre a possível instauração da CPI contra o padre Julio Lancellotti, que é acusado de comandar uma suposta “Máfia da Miséria”, por ajudar pessoas em situação de rua.

No X (antigo Twitter), internautas detonaram Fábio de Melo pela falta de posicionamento e chegaram a zombar do religioso, o chamando de “Alok de Aparecida”.

“Aposto que se o Padre Júlio tivesse contrato com a Mynd [agência de celebridades], o Alok de Aparecida do Norte [Fábio de Melo] sairia em defesa dele”, disparou um internauta, angariando mais de 16 mil curtidas e quase 3 mil compartilhamentos.

“Vocês não venham pedir que o padre Fábio tenha alguma compaixão com o padre Júlio. Ele está muito ocupado fazendo harmonização facial para sair bem nas fotos com a Angélica e assemelhados. Nunca vi esse padre de araque rezar uma missa”, disse outro.

Fonte: Metropoles

Check Also

URGENTE: em pesquisa AtlasIntel, Pablo Marçal já ultrapassa Tabata e aparece em terceiro colado em Nunes; veja números

Guilherme Boulos, deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOL, lidera as …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *