Início » Regional » Mato Grosso » Alto Araguaia » Reunião discute fortalecimento da cadeia produtiva do mel em Alto Araguaia Entrada

Reunião discute fortalecimento da cadeia produtiva do mel em Alto Araguaia Entrada

Reunião discute fortalecimento da

cadeia produtiva do mel em Alto

Araguaia

Na esteira das discussões ocorreu também eleição para escolha de associação

que atuará para fomentar atividade apícola na região

Alto Araguaia, MT – A criação de abelhas para extração e comercialização de mel foi

o tema principal de uma reunião na noite desta segunda-feira (21/07) na Câmara de

Vereadores do município de Alto Araguaia (Sudeste de Mato Grosso). O encontro foi

coordenado pela prefeitura da cidade, através da Secretaria Municipal de Agricultura,

Pecuária e Abastecimento (SEMAPA) e ainda culminou com a constituição da

Associação dos Apicultores do Vale do Araguaia (AAVA). Outro assunto discutido

durante o encontro foi a Casa do Mel. A estrutura possibilitará a manipulação,

envasamento e armazenagem do produto. A casa tem cerca 64,80 metros quadrados

e está localizada na Rua A do Distrito Industrial.

O secretário de Agricultura de Alto Araguaia, Dimas Gomes Neto, fez a abertura da

reunião enfatizando a importância do encontro e a necessidade de ouvir cada um dos

interessados e, assim, estimular o produtor, incentivando, inclusive, o consumo do mel

no município.

O município de Alto Araguaia possui grande potencial de crescimento na produção de

mel, o que pode colocá-lo entre os maiores produtores do da região quiçá de Mato

Grosso, graças às condições naturais privilegiadas. Atualmente, cerca de 60

produtores estão credenciados junto à Semapa, mas apenas cerca de 24 estão

criando abelhas, de forma racional, para extração de mel.

ATUAÇÃO PARA CRESCER

Para o secretário um dos primeiros passos para o crescimento da apicultura no

município e região é o fortalecimento da Associação dos Apicultores, principalmente

através do cooperativismo. E o primeiro passo já foi dado com a eleição da diretoria

executiva.

O presidente eleito foi o técnico agrícola Raimundo Nonato, que terá como vice a

produtora da agricultura familiar Adriana Bertoni. O primeiro secretário será o contador

Luiz Alberto. A segunda secretária é Roseli Scherer. Para ocupar o cargo primeiro-

tesoureiro foi eleito o produtor rural Hélio Borges da Silva que terá como segundo-

tesoureiro Francisco Neto. O Conselho Fiscal tem como membros Dimas Gomes Neto,

Edmar Porto, Jorge Melo, Danilo Persh e Rosimeiry Lopes de Souza. Ainda durante o

encontro aprovou-se o estatuto social da Associação e também se discutiu sobre a

sede provisória da entidade.

“A partir do momento do registro desta associação e da organização da diretoria

começaremos a trabalhar a Casa do Mel. É um caminho importante. O prefeito Maia

Neto está dando total apoio a essa associação. Quem ganha também é o meio

ambiente, porque quando se fala em abelha estamos conservando o meio ambiente.

Quem entra no sistema para produção de mel cuida da propriedade evitando fogo e

uma série ações de degradação”, disse o secretário.

A partir da formatação da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal a associação terá

como papel principal forte atuação no incentivo e fomento à atividade apícola em Alto

Veja Também

Microfisioterapia: uma nova solução para refluxo em recém-nascidos

Quando o recém-nascido tem sono agitado, vômitos constantes, dificuldade para mamar, irritação, choro excessivo, dificuldade para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *