Rio Verde: Secretaria Municipal de Saúde de Rio Verde declara guerra ao mosquito aedes aegipti e lancha campanha “Rio Verde Contra o Aedes”.

No último dia 23 de fevereiro, a Secretaria Municipal de Rio Verde lançou a campanha Rio

Verde Contra o Aedes com o objetivo de combater o mosquito Aedes Aegypti na cidade. A ação

iniciou pelo CEUs – Centro de Artes e Esportes Unificados percorreu todo o Bairro Céu Azul, com

o objetivo de vistoriar as casas e lotes na busca de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, retirar o

lixo das casas e conscientizar a população sobre a importância de manter seus quintais limpos, livres

do mosquito.

As atividades teve a participação de 150 Agentes da Saúde e ao todo 1.146 imóveis foram

visitados no bairro. Em paralelo a força tarefa, a Prefeitura realizou ações de combate ao mosquito

nos distritos e palestras em escolas do município. A ação intensifica o papel da população no

combate ao vetor, que além da dengue, também é responsável pela transmissão da Chikungunya e

do vírus Zika. Parceiros nessa ação estão a Secretaria de Ação Urbana, Secretaria Municipal de

Educação, Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros Militar e Endemias

Em comparação ao ano passado, houve uma redução de 75% nas notificações de Dengue no

município, mas mesmo assim é bom ficar em alerta. A cada penúltima quinta-feira do mês, serão

realizados mutirões em bairros de Rio Verde, com o objetivo de combater o mosquito e reduzir

ainda mais esse número.

  Nas demais regiões do município, os agentes de combate a endemias continuarão fazendo seus

trabalhos diariamente com visitas aos imóveis, vigilância e orientações. Para denunciar locais com

criadouros do mosquito, a população pode entrar em contato com o Ponto de Apoio de Combate a

Dengue pelo número 3620-2080.

Fonte: Redação Portal Centro-Oeste

Check Also

Veja os erros da gestão do Governo Lula que agravaram epidemia de dengue

Fotos: Julia Prado/MS A epidemia de dengue no Brasil em 2024 é uma preocupação significativa, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *