Tempo extra em frente às telas pode prejudicar nota em provas, diz estudo

Adolescentes que passam uma hora a mais por dia usando a internet, assistindo TV ou jogando jogos no computador arriscam ter desempenho em provas duas notas abaixo de seus pares que não fazem o mesmo, segundo pesquisa da Universidade de Cambridge.
Em média, estudantes passam quatro horas por dia em frente às telas. Uma hora a mais em frente à TV ou na internet na idade de 14 anos e meio foi associada a 9,3 pontos a menos em provas na idade de 16 anos — o equivalente a uma diferença de dois níveis na nota, por exemplo, de B para D. Duas horas extras foram ligadas a 18 pontos a menos.

O estudo, publicado no International Journal of Behavioral Nutrition and Physical Activity, ouviu mais de 800 estudantes entre 14 e 15 anos.

Além do tempo de interação com as telas, os pesquisadores da universidade também avaliaram o impacto das atividades físicas. E determinaram que elas não têm efeito sobre o desempenho acadêmico.

Como trata-se de um estudo prospectivo, no qual os pesquisadores acompanharam os estudantes ao longo do tempo para ver como diferentes comportamentos afetaram o desempenho, os cientistas afirmaram que é razoável concluir que tempo demais em frente às telas reduz os resultados acadêmicos.

“Só mensuramos isso no décimo ano (na Inglaterra), mas é provável que isso seja um recorte confiável do comportamento normal dos participantes, então podemos sugerir sensatamente que o tempo (em frente às) telas pode ser prejudicial às notas de um adolescente”, disse Kirsten Corder do Centro de Pesquisa em Dieta e Atividade da Universidade de Cambridge, que co-liderou a pesquisa.

Fonte: G1

Check Also

Anvisa proíbe marca famosa de shampoo e exigiu retirada das prateleiras

Foto: Reprodução/ Internet A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é uma entidade governamental brasileira …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *