Vigilância Epidemiológica realiza intensificação no combate ao Aedes aegypti

Em meio à preocupação crescente com a proliferação de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, a Vigilância Epidemiológica tem intensificado suas ações de combate ao mosquito. Nesta quinta-feira (18) a ação está sendo realizada no setor Nova Esperança, posteriormente a ação será realizada em outros setores com alto índice de infestação.  O objetivo é conter a disseminação do vetor e, consequentemente, evitar o aumento de casos de dengue, zika e chikungunya e prevenir óbitos.

A presença do Aedes aegypti representa uma ameaça significativa à saúde pública, já que o mosquito é responsável pela transmissão de doenças, que podem causar sérios problemas à saúde e até óbito. Diante desse cenário, a Secretaria Municipal de Saúde por meio do Núcleo de Vigilância Epidemiológica saúde tem adotado medidas para o enfrentamento das arboviroses causadas por este vetor.

A estratégia de intensificação inclui diversas ações coordenadas. Entre elas, destacam-se:

Vistorias Domiciliares:

Equipes da Vigilância Epidemiológica têm realizado vistorias em residências, identificando possíveis focos de reprodução do mosquito. Durante as visitas, são fornecidas orientações aos moradores sobre medidas preventivas e eliminatórias.

Mutirões de Limpeza:

Para combater criadouros potenciais, foram organizados mutirões de limpeza em áreas públicas e terrenos baldios. A remoção de recipientes que acumulam água parada é essencial para interromper o ciclo de reprodução do Aedes aegypti.

Educação em Saúde:

Campanhas educativas estão sendo promovidas para conscientizar a população sobre a importância de adotar práticas preventivas. Material informativo, ações e orientações têm sido realizadas para alcançar diversos públicos.

Controle de Focos Estratégicos:

Além das ações pontuais, a Vigilância Epidemiológica tem implementado um controle rigoroso em locais estratégicos, como depósitos de pneus e ferros-velhos, evitando a acumulação de materiais propícios à proliferação do mosquito.

Fonte: prefeituradejatai

Check Also

Para metade dos brasileiros o Brasil está indo na direção errada; veja números da pesquisa

Uma pesquisa recente realizada pelo instituto Genial/Quaest revelou que metade dos brasileiros acredita que o …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *