Zelensky permanece ‘imóvel’ e não aplaude discurso de Lula na Assembleia Geral da ONU; VEJA VÍDEO

Em Nova York para a 78ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, não aplaudiu o discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta terça-feira (19/9). Os dois líderes têm o primeiro encontro bilateral marcado para esta quarta-feira (20/9).

Durante o tradicional pronunciamento do Brasil na assembleia, o mandatário brasileiro citou o conflito na Ucrânia, ao defender que a guerra “escancara a incapacidade coletiva” dos países-membro de fazer prevalecer os propósitos e princípios da Carta da ONU.

Lula também cobrou negociações e condenou sanções à Rússia, que invadiu o país vizinho em fevereiro de 2022. “As sanções unilaterais causam grande prejuízos à população dos países afetados”, prosseguiu.

Desde que assumiu o governo, Lula tem mantido a tradicional posição brasileira de neutralidade no conflito – ao condenar a invasão de um país soberano, mas sem adotar um posicionamento mais duro com relação ao país liderado por Vladimir Putin.

Nesse sentido, o petista busca se colocar como um dos possíveis negociadores da paz. No entanto, alega que os dois lados do conflito relutam em aceitar negociar. Falas anteriores do chefe do Planalto chegaram a causar desconforto em Zelensky, como quando ele afirmou que a Ucrânia também tem responsabilidade pelo prolongamento do conflito.

FONTE: terrabrasilnoticias.com

Check Also

Ronnie Lessa já reduziu pena em 200 dias lendo livros

foto: reprodução Ronnie Lessa, ex-policial militar e suspeito do assassinato da vereadora Marielle Franco e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *