Início » Colunas » Coluna - Política » PM de 35 anos morre após cirurgia bariátrica em hospital de Goiânia

PM de 35 anos morre após cirurgia bariátrica em hospital de Goiânia

Um policial militar de 35 anos morreu após uma cirurgia bariátrica em um hospital em Goiânia. A família disse que Thiago Alves Alkamim teve complicações após o procedimento.

Thiago era cabo da PM no Distrito Federal e foi internado no dia 23 no Hospital Anis Rassi para fazer a cirurgia. Após a bariátrica, ele começou a reclamar de dores, de acordo com a família. Na última terça-feira (29), ele faleceu.

“Na noite após a cirurgia, Thiago sentiu fortes dores abdominais, sede intensa e agitação. Ele foi avaliado duas vezes, inclusive pelo próprio cirurgião. A hemorragia só foi diagnosticada em uma fase muito tardia”, disse Abel Vieira, primo do policial e médico.

Abel disse que Thiago estava com 162 kg quando fez a cirurgia. A família cobra detalhes do hospital sobre os tratamentos médicos dados ao paciente após a cirurgia e a causa da morte.

Em nota, a Polícia Militar do Distrito Federal lamentou a morte do cabo, que trabalhava no 1º Comando de Policiamento Regional. Ele foi velado e enterrado na quarta-feira (30), em Brazlândia.

Fontes: G1

Veja Também

Após morte de Ronaldo Caiado Filho, Goiás decreta luto oficial de três dias e fecha agenda do governador

O governador Ronaldo Caiado (UB) decretou luto oficial no estado por três dias pela morte …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.