Início » Destaque Geral » Adolescente reconhece autor de estupro ao chegar a delegacia para registrar crime

Adolescente reconhece autor de estupro ao chegar a delegacia para registrar crime

Uma adolescente de 16 anos foi à Central de Flagrantes registrar que foi vítima de estupro no setor Itatiaia, em Goiânia, e reconheceu um preso por roubo como o autor do crime, segundo a Guarda Civil Metropolitana (GCM). Uma equipe de Rondas Ostensivas Municipais (Romu) da corporação havia levado o preso, de 30 anos, ao local, após flagrá-lo assaltando uma mulher no Jardim Guanabara, também em Goiânia.

Os crimes ocorreram na noite de sábado (4). O preso relatou à corporação que tinha intenção de assaltar a mulher no Jardim Guanabara e que havia encontrado com a adolescente horas mais cedo, mas negou o estupro.

“Eu peguei ela [adolescente] levei até a estrada de terra no final do setor. Peguei o celular dela e falei para ela tirar a roupa e ela pegou no meu negócio. Não estuprei ela não. [A vítima de assalto, no Jardim Guanabara você tinha intenção de estupra-la?]. Não senhor, estou devendo R$ 600 para um traficante. Ele deu um tiro no meu portão. Falou que se eu não pagasse em três dias a conversa ia mudar”, disse o preso em uma gravação feita pelo Romu.

A equipe informou que apreendeu com o home um celular roubado que seria da vítima de estupro e nenhuma arma. Conforme a corporação, ele jungia estar armado para intimidar as moças, sempre com a mão sob a camisa na altura da cintura.

Prisão e reconhecimento

O Guarda Alex Santos relatou que estava com outros membros da equipe fazendo ronda pela região do Jardim Guanabara quando viram o homem tentando pegar a bolsa de uma mulher, o perseguiram e o renderam. Em seguida, eles o conduziram até a Central de Flagrantes da capital.

No local, a equipe soube de uma adolescente que havia sido estuprada horas mais cedo e teve o celular roubado. Conversando com ela, os guardas concluíram que o preso por roubo também era suspeito de estuprar a moça.

“Mostramos a ela o celular que havíamos apreendido e ela começou a chorara muito e dizer que era o dela. O aparelho era bloqueado por uma senha e ela o desbloqueou na frente de todo mundo. Em seguida, ela reconheceu o preso”, detalhou o membro do Romu.

Segundo a Polícia Civil, o homem foi autuado pelos crimes de roubo e estupro e deve ser indiciado pelos mesmos crimes nos próximos dez dias.

Fonte: G1

Veja Também

PM Prende Mais Uma Traficante e Conduz usuário Em Mineiros

Policiais Militares, em patrulhamento pela Avenida Erexim, se depararam com MARCOS HENRIQUE CORDEIRO em atitude …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *